Texto Base: Gálatas 5:4

A palavra de Deus nos diz o seguinte: “Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. ”

A carta do apóstolo Paulo aos gálatas foi uma das primeiras a serem escritas pelo Apóstolo dos gentios. Pelos comentários de dicionários bíblicos deve ter sido escrito em torno de 2 anos depois da primeira viagem de Paulo em torno de 40 ou 50 da nossa era cristã. Ela é tida como a carta da liberdade cristã, pois faz a defesa da superioridade da Graça de Cristo em relação a lei mosaica.

Pouco depois de ter retornado de sua primeira viagem missionária Paulo toma conhecimento de que alguns elementos judaizantes haviam se infiltrado nas igrejas que ele deixara iniciada na região da galacia, hoje é conhecida como Turquia, tentando confundir aqueles cristãos com a pregação do evangelho da validade e ainda de alguns princípios da lei em face da Salvação em Cristo.

O Apostolo se levanta contra essa invasão e através de seis capítulos da carta aos Gálatas ele vai argumentar para demonstrar com toda clareza de Deus a benção salvadora em Cristo. Neste versículo que usamos como base para a nossa reflexão encontramos Paulo dando uma definição sobre o que aconteceria caso aceitassem essa pregação dos judeus. Se o povo aceitasse eles já estariam separados de Cristo, se crer que algum aspecto da lei justificou já descaíste da Graça.

Somos salvos pela graça de Cristo e não pela lei mosaica. Nós os discípulos de hoje devemos ter em nossa vida esse sentimento especial e nos reconhecermos salvos pela graça de Cristo com a salvação pessoal individualizada, pois ele se deu na cruz do Calvário por nós.

Que Deus nos abençoe.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira