Texto Base: Lucas 20: 26,40

A palavra de Deus nos diz o seguinte: “E não puderam apanhá-lo em palavra alguma diante do povo; e, maravilhados da sua resposta, calaram-se. E não ousavam perguntar-lhe mais coisa alguma. ”

Muitas vezes nos extasiamos diante dos episódios marcantes na vida de Jesus e esse é um deles, porque aqueles homens que queriam confrontar a Cristo não se aperceberam que estavam diante de alguém superior no qual não poderia ser ofuscado com palavras ou argumentos. Eles haviam tentado desde o início do ministério de Cristo na Galileia quando enviaram para lá escribas e doutores da lei a fim de confundir o Mestre com enigmas e ciladas, mas a Bíblia nos mostra que nada conseguiram.

Agora que o ministério de Jesus chegava ao desafio final, os Religiosos da sua época o cercaram de todo jeito para ver se de alguma forma o desacreditavam diante do Povo, mas a Bíblia nos mostra claramente que eles não conseguiram. Pagaram alguns homens para que fosse prender o Mestre, mas esses voltaram cabes baixo e diz o texto sagrado desculparam-se dizendo que homem algum jamais falou como ele.

E ali estava o elogio da oposição.

Eles não conseguiram envolver Jesus em suas ardilosas e sutis perguntas, fizeram de tudo para pegar Jesus em alguma armadilha, mas todas as tentativas foram inúteis.

Como estamos nos comportando diante de tantas indagações a respeito da nossa fé e do nosso testemunho?

Devemos estar preparados para dar razão da nossa fé com segurança e clareza, afinal de contas nós estamos de posse da revelação escrita de Deus a Bíblia Sagrada através da qual nós devemos aprender com sabedoria e inteligência diante das ciladas que os inimigos da fé tentam armar.

Se conhecemos a palavra do Senhor o espírito santo atuará sobre nós assim como atuou em Cristo de forma a não termos dificuldades em responder, pois ele falará por nós. Cristo é quem garante e a oposição certamente voltará a nos elogiar como fez a respeito de Jesus, nunca homem algum falou como este homem.

Deus nos abençoe.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira