Texto Base: Hebreus 6:12

O texto que será usado em nossa reflexão hoje diz assim: “Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas”.

A recomendação com quem o escritor inicia o versículo sem dúvida foi impactante para o destinatário desta carta naquela época. No contexto da carta a frase “não vos torneis indolentes”, deixa de ser uma palavra de simples alerta e passa a ser uma verdadeira advertência. Assim como eles devem ter reagido negativamente à recomendação, nós também podemos está.

Parece que o autor está nos chamando atenção para não sermos preguiçosos com à obra de Deus e nem negligentes, pois isso é uma atitude que não pode estar presente na vida do crente. O discípulo de Jesus é um soldado que deve estar sempre preparado para a batalha, não se pode depender da vida dele com atitude de displicência, apatia ou negligência, especialmente naquele que diz respeito a sua vida espiritual e crescimento Cristão.

O seguidor de Cristo deve estar pronto para aprofunda-se no conhecimento da palavra de Deus, pronto a meditar nos ensinos do Mestre, pronto a testemunhar para o mundo sobre o evangelho, pronto para confrontar ideias e palavras que diabolicamente tentam ganhar espaço em nosso meio.

Temos que começar hoje a desempenhar melhor nosso papel de discípulo de Cristo e não ficar protelando sobre o que temos que exercer, se estamos procedendo assim somos indolentes na obra do Senhor. O texto nos recomenda a sermos imitadores daqueles que pela fé e paciência herdam as promessas.

Como estamos procedendo em nossas vidas?

  1. De forma negligente.
  2. Ou prontamente dispostos para sermos imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas?

Que Deus nos abençoe.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira