Texto Base: Lucas 7:48,50

A palavra de Deus nos diz o seguinte:E disse-lhe a ela: Os teus pecados te são perdoados. E disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz.”

Interessante que a mulher era pecadora como aquela que era adúltera e sei que lembramos bem dessa passagem. Enquanto para aquela mulher que ia ser apedrejada ele recomenda que “vai e não peques mais”, para essa outra mulher a recomendação foi diferente ele diz apenas para que ela vá em paz.

E fica uma pergunta, porque dessa diferença?

Isso aconteceu simplesmente porque Cristo sabia o coração das pessoas que o cercavam, ele sabia até quando o tocavam com intenção de cura como aconteceu com a mulher do fluxo de sangue, assim da mesma maneira ele sabia que a adúltera chegou a sua presença acidentalmente e foi trazida por seus acusadores, enquanto à outra mulher foi por livre vontade para testemunhar de uma transformação que talvez já tinha ocorrido em seu coração.

Para a mulher adúltera ele precisava recomendar que não incidisse mais em seu erro, pois a partir daquele momento ela estava diante de uma a nova oportunidade de vida, enquanto a mulher que ungiu os seus pés ele apenas recomendou que vivesse em paz, pois os seus pecados já tinham sido lavados pelo perdão obtido através do seu arrependimento e por sua fé.

Cristo conhece nossos corações.

Qual deve ser a recomendação dele para cada um de nós hoje?

  1. Vai e não peques mais, pois estamos ainda andando vacilantes na vida cristã ou
  2. Vá em paz.

Por esta causa devemos viver em tranquilidade, pois já estamos salvos ainda que em luta contra o pecado que procura nos envolver, nos pressionar e nos tirar do plano de Cristo.

Que cada um de nós ouça do Senhor nesta hora a benção do “vai em paz”.

Que Deus nos abençoe.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira