Texto Base: Oséias 14.5

A palavra de Deus nos diz o seguinte: “Eu serei para Israel como o orvalho. Ele florescerá como o lírio e lançará as suas raízes como o Líbano.”

No Oriente o orvalho é uma benção, pois aquilo que chamamos de orvalho no sertão do nosso Nordeste, lá é apenas sereno, isso nos faz pensar a dimensão do orvalho naquela região.

Qual será a mensagem espiritual que esse texto nos traz?

Deus deseja renovar a nossa vida espiritual, e para que isso aconteça ele nos mostra estratégias e transforma o nosso serviço a ele, para que dessa forma possamos dar mais frutos.

O orvalho na região do Oriente é uma provisão do céu para os tempos de seca. Quando não há nuvens anunciando chuva e nem vento, Deus dá ordem aos céus para que realizem esse milagre. Esse fenômeno acontece durante a noite ou pela manhã quando a terra vai ficando coberta de orvalho e tudo ainda está sossegado. Para que o orvalho caia não pode existir ventos e a terra deve estar seca, de alguma forma é como se a natureza pedisse um consolo ao Criador.

Nessa vida agitada precisamos parar e confessar nossa sequidão a Deus, declarar que nos falta ânimo para o trabalho.

O orvalho só cai durante a noite ou pela manhã quando a atmosfera está tranquila e o céu claro, isso significa também que não pode haver agitação ou nuvens entre nós e Deus. Quando o nosso coração está em repouso na submissão e na humildade, Deus abençoa a nossa vida com seu orvalho bondoso.

Esse orvalho nos traz a graça vivificante e o refrigério das coisas celestes, retirando tudo que atrapalha o nosso relacionamento com Deus. Essa chuva silenciosa que é transmitida pelo Espírito Santo nos enche do poder de Deus e dá força para resistir ao choque da vida.

Será que estamos sentindo a aproximação da noite com suas sombras?

Embora isso venha acontecer, não se desespere e tranquilize seu coração, pois estamos firmados na rocha que é Cristo Jesus.

Que Deus nos abençoe.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira