Texto Base: Salmos 104.19

A palavra de Deus nos diz o seguinte: “Designou a lua para as estações; o sol conhece o seu ocaso.”

Esse texto nos deixa impressionado com a complexidade e o grau de conhecimento científico que o autor deste Salmo aborda, conhecimento esse que só veio tornar-se acervo da humanidade, muitos séculos depois. Aproximadamente 3 mil depois, alguém escreveria que a lua marcaria as estações com suas 12 sequências anuais, ou com suas 4 evoluções do mês.

O autor também menciona que o sol sabe a hora correta de nascer e se por, isso é algo mais notável, pois atribuímos esses fenômenos da natureza à Revelação gradativa que o Senhor fazia aos seus enviados, em função do seu plano maior para criatura humana. Só mesmo pela Revelação direta e objetiva dele, que o homem poderia ir se apropriando de conceitos e informações aparentemente tão à frente de sua época.

Estamos diante de algo impressionante em sua simplicidade que, no entanto, nos comprova a grandeza do planejamento divino. A lua regula os meses do ano, as marés cheias e vazantes dos oceanos, o ciclo vital de um bom número de insetos e animais menores e até mesmo aspectos da fisiologia humana, fazem parte de um plano maior chamado de planejamento divino para criatura.

Diante dessa grandiosidade podemos analisar em como nos inserirmos em tudo isso, somos tão pequenos e limitados, mas ainda assim o Senhor nos identificou e amou salvando-nos para à Eternidade com ele.

Que possamos valorizar tão grande amor e sacrifício.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira