Texto Base: Êxodo 12.31

Diz nos o texto sagrado: “Então chamou a Moisés e a Arão de noite, e disse: Levantai-vos, saí do meio do meu povo, tanto vós como os filhos de Israel; e ide, servi ao SENHOR, como tendes dito.”

Vemos nesse texto que finalmente o Faraó se convence de que deve deixar o povo hebreu sair do Egito servir ao Senhor. Depois de em outras nove vezes ao tempo das pragas dizer não a Moisés e Arão quando os mesmos lhe advertiam sobre a ação sobrenatural de Deus sob o Egito.

Esta ordem, a ordem de partir, também veio acompanhada de um pedido do Faraó a Moisés: “Abençoe também a mim.” Se foram palavras sinceras ou não, desconhecemos, porém mesmo cedendo ao apelo de Moisés ele logo em seguida volta atrás e manda seu exercito de encontro ao povo de Israel. Deste texto, desejamos ressaltar uma expressão que diz respeito à necessidade que possuía àquele povo de ir servir ao Senhor. Desde o início essa era a razão básica do povo hebreu sair do Egito: Servir ao Senhor. Se isto era um pretexto não sabemos, cremos que não, pois, se assim fosse, o povo não poderia retirar o espólio das mãos dos egípcios. Fato certo é que: os hebreus ansiavam por servir e festejar em adoração a Deus.

Com base nisso podemos nos perguntar e refletir: Temos em nossos dias essa intenção em servir ao Senhor? Será que temos ouvido isto em nossas igrejas e dentro de nossa casa? Estamos separando momentos em nossa vida para servir a Deus? Nos finais de semana temos nos dirigido à igreja e quando saímos temos manifestado o desejo em servir uns aos outros e também a sociedade com nosso testemunho, dons e talentos? Temos feito a diferença em nosso lar, trabalho com nossos vizinhos, etc?

Que esse desejo sincero em servir a Deus com nossos dons talentos e recursos possam ser úteis para a glória do nome do Senhor e pra o desenvolvimento do Seu Reino em nossos corações e em nossa cidade.

Que Deus nos abençoe.

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antonio José Azevedo Pereira