Texto Base: Hebreus 6:15

A palavra de Deus nos diz o seguinte: “E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa.”

O autor da carta aos hebreus nos oferece nesse versículo um exemplo de Abraão, que esperou durante boa parte da sua vida, mas tinha esperança na promessa que o Senhor tinha feito.

Durante os 25 anos de espera pela chegada de Isaque, Abraão não parece ter feito de seu zelo por uma vida dedicada, um fardo para os seus dias, muito pelo contrário durante todo esse tempo dedicou-se aos seus desafios, cumpriu o propósito do Senhor para os seus dias e desempenhou seu papel de cidadão nas circunstâncias da época em que vivia.

Tendo assim esperado com paciência e com completa certeza da esperança, ao fim do tempo programado por Deus ele alcançou a promessa. Certa vez um homem muito impaciente vivendo em permanente inquietação, resolveu depois de muitos conselhos orar para que o Senhor mudasse o seu ser e lhe desse mais paciência para enfrentar os contratempos da vida.

Então ele começou a orar, mas logo no primeiro momento de oração bradou com irritação “Senhor, eu tenho orado e tenho buscado, portanto resolve logo essa situação.”

Se você espera pela promessa que Deus te fez saiba de uma coisa, Ele tem o seu próprio tempo para o cumprir. O que nos atrapalha nessa caminhada é querermos que esse tempo decorrido seja o programado por nós, isso é um grande problema, pois o nosso tempo não é o de Deus.

Abraão soube esperar e alcançou a promessa.

Que Deus nos abençoe.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira