Texto Base: 1 Coríntios 15:57

A palavra de Deus nos diz o seguinte: “Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. ”

A paciência de Deus é uma realidade visível aos nossos olhos quando vislumbramos na sua espera pelo cumprimento dos seus tempos. Para muitos de nós os sinais de sua vinda já se deram e estaríamos mais do que na época de seu retorno.

Muitos examinam o sermão profético de Cristo em Mateus vinte e quatro e acabam concluindo que todas aquelas advertências já se cumpriram falsos cristos, rumores de guerra, nação contra nação, fome, terremotos, perseguições e esfriamento do amor.

Surge uma indagação acerca de tudo isso.

Porque Jesus ainda não voltou?

Cristo falou sobre isso em Mateus 24:36 “Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai. Paulo também diz, “mas irmãos acerca dos tempos e das épocas não necessitais de que vos escreva, porque o dia do Senhor virá como vem o Ladrão de noite”. Tudo isso que citamos á pouco sinalizam o fato de que o Pai é paciente e somente ele sabe o momento próprio para o fim desses tempos.

A razão porque esse tempo tem passado e passará enquanto Ele o quiser está também contida no final do versículo citado na carta do apóstolo Pedro “O senhor é longânimo e paciente para convosco não querendo que ninguém se perca senão que todos venham se arrepender”. Este versículo está em estreita ligação com o texto do Sermão Profético de Cristo quando ele fala que o evangelho do reino será pregado ao mundo inteiro. É propósito do pai e do filho que ninguém se perca, mas que todos se salvem.

O que estamos fazendo em prol disto?

Que Deus nos abençoe.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira