Texto Base: Lucas 8:21

A palavra de Deus nos diz o seguinte: “Mas, respondendo ele, disse-lhes: Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam.”

Você já imaginou sendo membro da família de Cristo, já se colocou na pessoa de irmão ou irmã do filho de Deus, já se sentiu como titular deste grau de parentesco? Se sua resposta for não está na hora de começar, porque o que o Senhor Jesus afirmou nesse texto vale não somente para o passado, mas também para os dias atuais, pois se vivemos de acordo com a sua vontade e o mundo nos conhece como servos Jesus somos irmãos ou irmãs com ele da Graça do Pai.

Ele disse: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam.” No evangelho de João conhecemos aquele versículo que também confirma isto, João 1:12 diz: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome;”

Será que através da fé em Cristo você sente em seu coração que é irmão dele e desfrutará da herança eterna no céu?

Essa é uma pergunta que precisava ser feita. Existem coisas maravilhosas na vida que já nos acostumamos, e por conta disso não valorizamos ou perdemos a noção da dimensão devida que cada uma delas tem. Temos alguns exemplos diários que são maravilhosos, o sol que nos aquece todo dia, a água que bebemos, o sorriso da esposa, a segurança do esposo, o amor da mãe, a companhia do pai ou até mesmo o carinho da criança. Isso são acontecimentos diários que as não lembramos de agradecer a Deus.

O Senhor Jesus subiu ao Calvário e morreu por nós, nos dando a vida eterna. Isso era pra ser lembrando a todo instante, mas optamos em algumas situações pelo esquecimento de tão nobre gesto de amor.

Que Deus nos ajude a entendermos quão grande valor é participar dessa família.

Amém

 

Em Cristo Jesus e porque Ele vive!
Pr. Antônio José Azevedo Pereira