Amadas irmãs, neste ano há um novo desafio para o Ministério feminino. O Espírito Santo nos tem direcionado para a realização de encontros com o Tema: “MISSÃO ESTER”. Estes serão realizados nas congregações e no Templo Central – Sede, com o propósito de integrar as mulheres e unir forças para lutar pela causa de Cristo, resgatando vidas para o Reino de Deus.

Ester, uma das heroínas do Antigo Testamento que foi o instrumento usado nas mãos de Deus para salvar o seu povo do plano maligno projetado por Hamã para aniquilar os judeus.

Amadas, quando analisamos a história de Ester, logo observamos que sua primeira atitude, ao se comprometer com seu tio Madoqueu, de assumir uma missão tão árdua de interceder ao rei Assuero pelo seu povo, foi jejuar durante três dias com todos os judeus que se achavam em Susã.

Qual é a lição que nós aprendemos com Ester? Que o trabalho na obra de Deus é feito por antecipação, de joelhos. Ore, ore, ore!

Em segundo lugar percebemos que Ester usou algo exclusivamente singular: seus talentos e suas habilidades. Ela, com muita prudência preparou uma série de banquetes para oferecer ao rei Assuero, com o propósito de rogar pelo seu povo.

Tudo o que Ester tinha para oferecer a Deus e salvar a sua nação das mãos do inimigo era algo simples. Mas com fé no agir de Deus, coragem e sabedoria divina ela usou a sua criatividade e salvou o seu povo e o adversário foi derrotado.

E você? O que tem para oferecer ao Senhor? Descubra suas singularidades.

Deus pode usar seus dons para alcançar pessoas para Cristo. Se as mulheres colocassem em prática a criatividade e suas habilidades para ganhar pessoas para o Reino de Deus muitas seriam libertas da escravidão do pecado.

Deus, na sua soberana vontade, nos escolheu e nos designou para uma elevada missão: contribuir para a expansão do seu Reino aqui na terra: “… eu vos escolhi a vós outros; e vos designei para que vades e deis frutos…” (Jo 15. 16).

Como tem sido a sua participação na tarefa de ganhar almas para Cristo? Quantos em nossas famílias estão oprimidos vivendo nas trevas; quantos de nossos vizinhos e amigos? Precisamos obedecer ao “Ide” de Jesus (Mc 16.15), pois Deus quer nos usar para alcançar vidas, tirar vidas das trevas e da opressão e levá-las a Ele (Mt 11.28).

Ester preparou banquetes para suplicar ao rei pela salvação do seu povo das mãos do inimigo. Vamos também preparar banquetes e convidar outras mulheres para falarmos do amor de Deus e dizermos que Jesus é o salvador do mundo?

A Missão Ester será realizada da seguinte forma:

  • A líder do ministério feminino com as demais irmãs da diretoria se reunirá para programar os encontros da “Missão Ester”.
  • Cada integrante da “Missão Ester” ficará responsável de levar um prato podendo ser doce ou salgado mostrando suas habilidades culinárias para a preparação do banquete.

As participantes também poderão mostrar seus talentos trazendo alguma coisa que possa ser compartilhado com as outras e assim divulgar suas habilidades, tais como decoração, trabalhos manuais e tantos outros.

  • Os encontros serão bimestrais, ou seja, a cada dois meses. A programação do encontro será de caráter evangelístico: orações, louvor e testemunhos. Por exemplo, como alguém conheceu Jesus, testemunho de libertação, cura de enfermidades, casamentos que foram salvos pelo poder do Evangelho etc.

Alvo: Amigas não crentes, vizinhas, parentes, colegas e vizinhas da igreja.

Faça essa missão com amor e fale de Cristo Jesus, mediante o poder do Espirito Santo, creia que Deus está controle de tudo. Não desanime, mas seja perseverante e deixe os resultados por conta de Deus. Se somente uma pessoa convidada comparecer, glorifique o nome do Senhor, porque uma pessoa a mais teve a oportunidade de conhecer Jesus, o salvador da sua vida.

Querida, sua obediência e disposição do coração para a realização da “Missão Ester” já fizeram do encontro um sucesso aos olhos de Deus.

E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo lugar a fragrância do seu conhecimento (2 Co 2. 14).

No amor de Cristo,

Janilda Brandão